Ministério do Turismo lança plataforma de qualificação profissional

Curso será realizado em ambiente online com carga horária de 80 horas/aulas. As inscrições para 2017 já estão abertas
 
Os profissionais de turismo que atuam na linha de frente do turismo e que quiserem se qualificar terão uma nova oportunidade para complementar sua formação. 
O Ministério do Turismo publicou na quarta-feira (5), no Diário Oficial da União (DOU), a portaria que institui o "Brasil Braços Abertos". 
Trata-se de uma plataforma tecnológica de aprendizado à distância e em ambiente digital, com oferta de 80 horas de aulas online. 
As inscrições para 2017 já estão abertas e poderão ser feitas até 30 de setembro. A novidade foi apresentada pela Secretária Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, Teté Bezerra, na reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais do Turismo (Fornatur), realizada na WTM Latin America, em São Paulo.

bb

O aluno realizará o curso por meio de celular, tablet ou notebook e contará com videoaulas e jogos educativos. Os interessados podem acessar a plataforma pelo endereço brasilbracosabertos.turismo.gov.br. As aulas podem ser iniciadas logo após a inscrição e devem ser concluídas até o dia 30 de dezembro. Nos próximos anos, as inscrições deverão começar em 1º de março. Os secretários municipais também poderão realizar o cadastro pelo link (http://brasilbracosabertos.turismo.gov.br/município) e indicar um servidor efetivo para atuar como gestor do curso.

Teté Bezerra ressaltou a importância do engajamento dos secretários estaduais e municipais na adesão dos profissionais a esta iniciativa de qualificação "Estamos aproveitando nossa ação na WTM para lançar institucionalmente e apresentar a todos os secretários estaduais de turismo e dizer que cada município vai poder acessar o programa e levar qualificação para o país inteiro. É uma ferramenta importante para a melhoria na qualidade dos serviços, do atendimento e da fidelização do turista", explicou.

O uso de ferramentas digitais vai ao encontro da estratégia do Ministério do Turismo e da tendência mundial de inovação do setor, conforme destacou Teté Bezerra. "A questão de trazermos inovação tecnológica para a qualificação é muito importante, faz parte do nosso Plano Nacional de Turismo.  Os interessados têm a possibilidade de  acessarem essa qualificação de uma maneira muito fácil e ágil, basta ter conexão com a internet".

As iniciativas inovadoras se unem ao propósito da Organização Mundial do Turismo (OMT) e da Organização das Nações Unidas (ONU) que declararam 2017 como ano da sustentabilidade, eixo principal dos debates da WTM Latin America. "Propiciar o acesso universal à qualificação tem tudo a ver com a questão da sustentabilidade, tema colocado na discussão com a OMT e com os países vizinhos ao Brasil, que também mostraram que estão usando inovações tecnológicas", comentou Teté Bezerra, que também esteve presente à reunião interministerial de países da América do Sul na WTM.

Ao final do curso, os profissionais poderão obter o certificado de conclusão pelo site do programa.

EXPERIÊNCIA - O canal "Braços Abertos" teve uma versão piloto durante os Jogos Rio 2016, que contou com a inscrição de 8,2 mil quiosqueiros, ambulantes, trabalhadores do setor de hospedagem e outros profissionais do setor. "Inicialmente ele foi pensado para quem já opera no turismo, mas que muitas vezes não tem a disposição de voltar para uma sala de aula para se qualificar. Assim, levamos a proposta de criação desse aplicativo e foi um sucesso. As pessoas aderiram se qualificaram e viram que de uma maneira lúdica, estimulante, conseguiram ter a qualificação devida. Ficamos felizes e agora disponibilizamos para todo o Brasil", comentou Teté Bezerra.

Fonte: Ministério do Turismo